Vídeos ambientais e agroepecuários

Loading...

EU AMO AGRONOMIA

EU AMO AGRONOMIA

Pesquisar este blog

CRONOS - RELÓGIO MUNDIAL

Seguidores

COMO SOMOS AFORTUNADOS

segunda-feira, 31 de maio de 2010

REDE DE TECNOLOGIA SOCIAL COMPLETA CINCO ANOS.


noticias :: Por Editor em 31/05/2010 :: imprimir   pdf   enviar   celular 


 

Rede de Tecnologia Social (RTS) completa cinco anos: A Rede de Tecnologia Social - RTS - completou cinco anos de atividades
Créditos: TRS
A Rede de Tecnologia Social (RTS) fez cinco anos de vida. A solenidade de comemoração ocorreu no dia 25 de maio de 2010, em Brasília (DF). Durante o encontro, foi apresentado um balanço das ações realizadas pela Rede desde 2005. Entre os resultados, estão investimentos de mais de R$ 300 milhões na reaplicação de Tecnologias Sociais (TSs) geradoras de trabalho e renda em áreas como agroecologia, reciclagem, bioenergia, incubação de empreendimentos solidários e captação de água de chuva para a produção de alimentos.



Segundo conceito pactuado no âmbito da RTS, Tecnologias Sociais compreendem "produtos, técnicas e/ou metodologias reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade e que representem efetivas soluções de transformação social". Já fazem parte da Rede 845 instituições dedicadas à difusão e reaplicação de TSs, entre organizações não governamentais, centros de pesquisa, cooperativas, empresas, fundações e institutos, sindicatos, universidades e órgãos de governo nos níveis federal, estadual e municipal.

Tal articulação permitiu, entre outros avanços, que duas Tecnologias Sociais de elevado impacto social conseguissem atingir escala no Brasil. Priorizada no âmbito da RTS, a Tecnologia Social de Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (Pais) promove um sistema de produção agroecológica de hortaliças, frutas e pequenos animais dirigido à agricultura familiar, tendo como pressupostos a racionalização de recursos e o manejo ecológico da terra. Com R$ 75,5 milhões em investimentos pactuados por instituições associadas à RTS desde 2005, serão implementadas, até o fim de 2010, 10 mil unidades do Sistema Pais, em 24 estados brasileiros.

Já o Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2) – originado a partir de articulações no âmbito da RTS - tem como objetivo garantir o aproveitamento e o manejo sustentável da água da chuva para a produção de alimentos, priorizando a construção de tecnologias já desenvolvidas e experimentadas pelos agricultores do Semiárido. Os investimentos realizados no P1+2 a partir da RTS já totalizam R$ 69,7 milhões, beneficiando mais de 7 mil famílias em 247 municípios de dez estados do país.

Além destas Tecnologias Sociais, foram realizados também investimentos coordenados em outras 18 TSs no âmbito da Rede. O foco definido foi o de geração de trabalho e renda, enquanto os territórios priorizados foram aqueles reconhecidamente mais afetados pela situação de exclusão social: Semiárido e Vale do São Francisco, Amazônia e Periferias de grandes centros urbanos, aos quais somou-se, a partir de 2009, o Cerrado brasileiro.

LANÇAMENTOS

ADurante a celebração, foi apresentado do Espaço Aberto de Conhecimento, plataforma virtual cuja finalidade será disponibilizar, no Portal da Rede, um banco permanente de TSs, um ambiente para redes sociais e novas ferramentas de colaboração e construção coletiva do conhecimento.

Foi lançado também o livro Tecnologias Sociais – caminhos para a sustentabilidade, que reúne artigos de palestrantes do 2º Fórum Nacional da Rede de Tecnologia Social e da 2ª Conferência Internacional de Tecnologia Social, realizados em 2009. Ocorreu, ainda, o lançamento do caderno ,Tecnologia Social e Desenvolvimento Sustentável – contribuições da RTS para a formulação de uma Política de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação.

SOBRE A RTS

A Rede de Tecnologia Social (RTS) reúne, organiza, articula e integra um conjunto de instituições com o propósito de contribuir para a promoção do desenvolvimento sustentável mediante a difusão e a reaplicação em escala de Tecnologias Sociais. Entre seus objetivos está estimular a adoção de Tecnologias Sociais como políticas públicas, bem como sua apropriação por comunidades brasileiras.

Participam do Comitê Coordenador da RTS nove mantenedores, até quatro representantes de articuladores de redes sociais e um representante de instituições de ensino, pesquisa e extensão.

São eles:

Nove mantenedores - Caixa Econômica Federal, Fundação Banco do Brasil, Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Petrobras, Sebrae, Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Ministério da Integração Nacional (MI) e Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Quatro instituições articuladoras de redes sociais - Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA), Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (Abong), Grupo de Trabalho Amazônico (GTA) e Rede Cerrado.

Uma instituição representando as universidades - Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras (Forproex).

E uma instituição responsável pela divulgação da RTS - Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

FONTE

Ministério da Ciência e Tecnologia

Links referenciados

Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras
www.renex.org.br

Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República
www.presidencia.gov.br/secom

Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais
www.abong.org.br

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome
www.mds.gov.br

Produção Agroecológica Integrada e Sustentável
www.integracao.gov.br/programasregionais
/publicacoes/pais.asp

Articulação no Semiárido Brasileiro
www.asabrasil.org.br

Ministério da Ciência e Tecnologia
www.mct.gov.br

Ministério da Integração Nacional
www.integracao.gov.br

Financiadora de Estudos e Projetos
www.finep.gov.br

Ministério do Trabalho e Emprego
www.mte.gov.br

Programa Uma Terra e Duas Águas
www.rts.org.br/noticias/uma-terra-e-duas
-aguas

Espaço Aberto de Conhecimento
plataforma.rts.org.br

Grupo de Trabalho Amazônico
www.gta.org.br

Fundação Banco do Brasil
www.fbb.org.br

Rede de Tecnologia Social
www.rts.org.br

Caixa Econômica Federal
www.caixa.gov.br

Rede Cerrado
www.redecerrado.org.br

Sebrae
www.sebrae.com.br

RTS
www.rts.org.br
JORNAL AGROSOFT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Solicitamos, tão somente, que não se faça uso de linguagem vulgar!