Vídeos ambientais e agroepecuários

Loading...

EU AMO AGRONOMIA

EU AMO AGRONOMIA

Pesquisar este blog

CRONOS - RELÓGIO MUNDIAL

Seguidores

COMO SOMOS AFORTUNADOS

segunda-feira, 20 de maio de 2013

RELATÓRIO MINICURSO SISTEMAS AGROFLORESTAIS EM CABACEIRAS PB


PESQUISADORES DO GRUPO GRAF DA UFS MINISTRAM CURSO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS EM CABACEIRAS- PB

O Grupo de pesquisa da Universidade Federal de SergipeGRAF – Grupo Agroflorestal - promoveu nos dias 15 a 17 de maio de 2013, em parceria com a Prefeitura Municipal de Cabaceiras- PB, através da Secretaria de Educação, Cultura e Desporto, e do Polo Presencial Terezinha Jesus Farias Aires – UAB-UFPB-Virtual, em Cabaceiras-PB, sob a coordenação de Íris do Céu, e organização do Tutor à Distância Armistrong de A. Souto, um curso de agentes multiplicadores em Sistemas Agroflorestais para um público diversificado de produtores, estudantes de ciências agrárias e áreas correlatas. O curso abordou os Conceitos agroflorestais, Histórico, Benefícios e Limitações, Exemplos de SAF que deram certo nos biomas brasileiros e aplicação da técnica de uso do D&D (desenho & diagnóstico em Safs) e a sua importância econômica, social e ambiental.
“O objetivo do GRAF foi difundir práticas alternativas na agricultura de baixo impacto e para isso aposta na adoção dos Sistemas Agroflorestais (SAFs) em áreas de agricultura familiar, no estado de Sergipe. Entende-se como Sistemas Agroflorestais ou SAFs a consorciação de espécies arbustiva arbórea com cultivos agrícolas, e/ou forrageiras, e a inclusão do componente animal, em uma mesma área, com horizonte temporal e produção continuada”. Comentou o Professor Dr. Mário Campos.
Desde de 2009, o GRAF (Grupo Agroflorestal) vem apresentando alguns resultados das práticas agroflorestais adotadas pelas comunidades de agricultura familiar no agreste sergipano. Atualmente, o grupo vem desenvolvendo práticas agrossilvipastoris como sendo mais uma modalidade alternativa para a melhoria na qualidade de vida das populações rurais que adotam em suas áreas produtivas a ovinocaprinocultura.
Segundo o Prof. Dr. Mário Campos os sistemas agrossilvipastoris aplicado nas propriedades rurais está sob a coordenação da pesquisadora e Médica Veterinária Francielle Rodrigues Santos, que acompanha o desempenho e sanidade dos animais dentro dos consórcios agroflorestais, produzindo além do conforto térmico, um melhor ganho de peso e qualidade do aporte animal direcionado para o mercado local como agregador na renda dessas famílias.
“Dessa forma, a adoção dos SAFs e a capacitação dos agentes multiplicadores tais como agricultores técnicos e acadêmicos da grande área das agrárias se fazem necessário para que os projetos de sustentabilidade venham a promover e agregar uma melhoria na qualidade de vida do homem do campo sem deixar de lado as práticas sociais, ambientais e econômicas”. Comentaram o professor Mário Campos e a Pesquisadora Francielle Rodrigues Santos.

Professora Francielle Rodrigues Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Solicitamos, tão somente, que não se faça uso de linguagem vulgar!