Vídeos ambientais e agroepecuários

Loading...

EU AMO AGRONOMIA

EU AMO AGRONOMIA

Pesquisar este blog

CRONOS - RELÓGIO MUNDIAL

Seguidores

COMO SOMOS AFORTUNADOS

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

CERCA ECOLÓGICA - INOVAÇÃO!

Por Editor em 15/12/2009 ::

A busca pela qualidade de vida foi o principal motivo de um produtor de leite de Tupã trocar o alto custo de vida da capital paulista pela tranquilidade na Estância Santa Mônica, em Tupã, onde ocorreu o segundo encontro De Produtor para Produtor. O evento integra uma das ações do projeto Lucra Leite, desenvolvido pelo Sebrae-SP, que reuniu mais de 130 pessoas, no dia 4 de dezembro.



Com produção média mensal de 80 litros de leite e proprietário de 20 cabeças de gado, João Luiz Alves de Andrade é autor da cerca ecológica feita com materiais retirados do próprio sítio, economizando, portanto, no custo de produção. Ele pretendia resolver o acelerado processo de apodrecimento das estacas de madeira causado pelo excesso de chuva. Para preservar a cerca e conservá-la por mais tempo, o criativo produtor adotou o bambu como estrutura básica da cerca e moldou a parte externa com garrafa pet que, com o auxílio do calor, se transforma em um material mais maleável. Por fim, no interior do bambu, João Luiz preencheu com cimento para evitar a dilatação do bambu.

Segundo ele, é possível construir 22 piquetes com 300 metros quadrados cada um a um custo médio de produção de R$ 2.500. "Sou considerado um guardião ecológico, consciente da preservação do meio ambiente", diz o produtor. Fátima Lamar, coordenadora nacional da carteira de leite e derivados do Sebrae-NA, estava de olho nas inovações que nascem porteira adentro. Para ela, a tecnologia nos laboratórios móveis empregada pelo parceiro do Sebrae/SP, o Instituto Biosistêmico (IBS), e a cerca ecológica vão fazer parte do Encontro Nordestino no Setor de Leite e Derivados (Enel), que acontecerá em Aracaju, capital sergipana, em junho de 2010.

"O setor leiteiro cresceu muito e é a primeira carteira de agronegócio do Sebrae que aumentou em número de projetos e também em volume de recursos aplicados pela entidade, no triênio 2010/2012", ressalta a coordenadora nacional, que destaca o aumento de 18 para os atuais 88 projetos de leite apoiados pelo Sebrae/SP.

PRODUTORES UNIDOS

Foco no mercado é outro aspecto abordado no encontro de produtores de leite, por meio da Central de Negócios, que utiliza a metodologia de realizar o diagnóstico e a avaliação das necessidades de um grupo, independente do setor comercial, industrial, de serviços ou agronegócios. O associativismo é a chave para buscar ações coletivas e reduzir o custo de produção como, por exemplo, fazer compras em conjunto e incentivar a maturidade em gestão de negócios. "Eles se fortalecem e aumenta o comprometimento com o trabalho feito por cada um dos membros de um grupo", esclarece o consultor do Programa Central de Negócios, José Galba de Aquino.

Um caso de sucesso de cooperativismo ocorreu na Associação Leiteira Bressaense (ALB), de Oscar Bressane, que participa do projeto Lucra Leite. Em setembro do ano passado, oito associados fizeram as primeiras compras em grupo adquirindo sal e medicamentos para o gado leiteiro. "Na época, a gente estava disposto a mudar o pensamento antigo e egoísta de lidar com a terra, tirando todos nutrientes dela, sem repor o que ela necessitava; assim podemos permanecer no campo por mais tempo", declara o presidente da associação, Wilson Divino Delposo.

Entre março de 2008 a outubro de 2009, a ALB aumentou a produção de leite em 71,2%, tendo um crescimento de 116,4% em produção por hectare. Com relação ao faturamento bruto da associação, houve mais um ganho de 79,5% correspondente a 19 meses de trabalho em grupo.

MAIS INFORMAÇÕES

Escritório Regional do Sebrae/SP em Bauru
Telefone: (14) 3234-1499

FONTE

Sebrae em São Paulo
Mara Ramos e Janice Sato - Jornalista
Telefone: (14) 3226-1925
JORNAL AGROSOFT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Solicitamos, tão somente, que não se faça uso de linguagem vulgar!